18.9.16

Como eu faço meus moldes? + Molde de raposa



E aí minha gente, tudo bem com vocês?
Hoje vamos falar sobre moldes e vou mostrar pra vocês como faço os meus, de um jeitinho que você aí vai conseguir fazer também e deixar as peças com a sua cara e personalidade, sem que precise copiar o molde de outra pessoa.

Nada contra, quando o molde é disponibilizado pelo artesão, acho muito válido, principalmente se você está começando e ainda não tem muita noção de como as peças ficam pós costura (porque sempre muda um pouquinho), coisa e tal.
Mas eu sempre gostei da ideia de ter minhas coisinhas mais com a minha cara, então desde o início eu sempre dei um jeitinho, que é o que eu faço ate hoje.

E como é esse jeitinho?
Então, vou dar um exemplo, que assim fica mais fácil.

Esses dias uma amiga me pediu uma raposinha estilo a do Pequeno Príncipe, um bichinho que eu nunca tinha feito, então eu fui pra internet pesquisar, principalmente no Pinterest, que acho que é o melhor lugar pra isso, e encontrei um molde que era disponibilizado pela artesã, eu então fiz o download e imprimi esse molde e fiz uma raposinha igual a dela como modelo, depois dessa raposinha pronta eu fui pesquisar como eram os desenhos da raposa mesmo e vi as diferenças e os ajustes que eu ia precisar fazer, então eu imprimi outro molde (igual ao da primeira) e fui fazendo o meu próprio desenho por cima.

Não sou desenhista e nem você precisa ser, basta você ver quais as características quer que seu produto tenha e ir testando. Nem sempre eu acerto de primeira, na verdade isso é raro, são sempre necessários alguns testes.

O molde que estou citanto é este aqui (fique à vontade pra copiar):



Quando fiz o desenho por cima desse molde baixado da internet eu então cortei os tecidos e fiz um modelo, que como eu disse, nem sempre dá certo, e ela lógico não deu muito também, mas com o bichinho pronto fica muito mais fácil você ver os pontos que precisam ser melhorados, nesse caso eram as orelhas e a parte da carinha da raposa, então eu modifiquei essas coisas no molde e refiz os cortes e dessa vez ficou como eu queria.

O resultado final da minha raposa foi esse:



A base da minha raposinha (corpinho e o rabinho) ficaram quase iguais ao molde dessa moça, só detalhes como o tamanho e formato das partes brancas é que ficaram um pouco diferentes (desculpe moça, mas faz algum tempo que isso aconteceu e eu já não lembro seu nome #falhaminha), mas as características principais, que são aquelas que dão a identidade do trabalho, nesse caso a cabeça que mudei as proporções e a carinha da raposa (detalhes do "bigode", olhos e orelhas que fiz separadas da cabeça), ficaram do meu jeitinho.

Esse jeito é muito prático pra você fazer em casa, e mesmo que o molde não seja disponibilizado, você ainda tem a opção de pesquisar por imagens livres do que você quer (imagens livres são aquelas sem direitos autorais, que você pode baixar e utilizar sem problemas, nessa publicação do Catraca Livre eles indicam 20 sites onde você pode baixar imagens livres). 

Na hora de imprimir decida qual tamanho quer que o trabalho final tenha e imprima a imagem um pouco maior do que isso, os moldes sempre ficam um pouco maiores que os trabalhos finais, pois na hora de costurar e colocar o enchimento os bichinhos "encolhem". Fazendo isso você também tem como alterar detalhes e deixar o molde do seu jeito.

O que não pode é imprimir um molde ou desenho e achar que está tudo certo, é de suma importância que sejam feitos testes, pra ver se realmente funciona e se o acabamento final é proporcional e bonito.

Você pode também usar a criatividade e utilizar materiais e formas diferentes pra fazer seu próprio desenho, como eu mostrei pra você na última postagem, de como fazer o meu donut, ele surgiu de um CD, coisa que todo mundo tem em casa, e só fiz uma alteração no tamanho do miolo, de resto foi puro feeling, fui fazendo e testando como ficaria o bordado e o resultado final (com passo-a-passo) você pode ver aqui nesse link.

Outras peças minhas também já foram feitas assim de improviso, às vezes eu vejo uma foto de um trabalho e faço um desenho à mão livre inspirado nela e assim eu vou testando.

E no fim das contas esse era pra ter sido um post curtinho, mas já me alonguei falando sem parar, só pra terminar, tente fazer seus moldes do seu jeito e me envie imagens dos seus trabalhos la no face, pra me seguir lá é só curtir a página Débora Carvalho. Quem sabe eu faço um post só com os trabalhos dos seguidores, hein, quem sabe, mas pra isso você tem que me enviar as fotos, ok? promete?! ;)

Se você gostou dessa publicação não perde tempo, curte a página e fica por dentro de tudo que vai rolar, no próximo post vou trazer vários perfis inspiradores do pinterest pra você, que ainda não começou, dar o start que falta pra ativar sua veia artesã. 
Corre lá, curte a página e compartilha também com os amiguinhos!
Me siga também no Instagram. :)